Pura realidade…

Tenho visto muita coisa acontecendo a minha volta, coisas boas e ruins. Fatalmente, meu senso crítico começa a trabalhar de forma intensa com determinadas situações.

Sinceramente não sei como ainda posso ficar espantado com certas coisas… As pessoas tendem a demonstrar o quanto a nossa sociedade está decaindo quando começam a tomar partido pelo lado menos, digamos, ideal.

Há alguns poucos dias atrás aconteceu um crime monstruoso e simplesmente vi algumas pessoas culpando as vítimas pelo próprio fato ocorrido, tirando qualquer possibilidade de punição, em suas opiniões absurdas e infundadas, dos criminosos.

Que sociedade é essa?

Como pode haver tanta discrepância?

Como uma sociedade consegue sobreviver desta forma?

Não vou entrar nos méritos criminais, mas se uma pessoa não é responsabilizada pelo seu próprio ato, praticado de forma consciente, por qual outra forma ela seria responsável?… Ainda pior é ouvir comentários quase coniventes ao fato. Defesas veementes em favor dos carrascos. Começo a ter ideia real do quanto a sociedade está fracassada. Seus padrões de moral completamente deturpados pela falta de discernimento social, uma ferida aberta e necrosada que se alastra com velocidade.

Não creio que haja restauração rápida o suficiente, ou conhecimento que possa tornar possível essa “mágica”, mas acredito na possibilidade de uma mudança lenta, um remédio para impedir o avanço desta ferida e que atue numa recuperação necessária mas que, infelizmente, deixará uma grande cicatriz.

Sem a cultura, e a liberdade relativa que ela pressupõe, a sociedade, por mais perfeita que seja, não passa de uma selva.  (Albert Camus)


2 Responses to “Pura realidade…”

Leave a Reply